Galiza, Friday-feira 24 de October de 2014
RSS syndication
:: Última actualizaçom:
24/01/12
< October de 2008 >
stqqssd
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031
::Condado

NÓS-Unidade Popular também participa na convocatória de Ponte Areias em solidariedade com o povo palestiniano

Em diferentes localidades da Galiza estám a ser convocadas concentraçons em apoio ao povo palestiniano e para exigir às instituiçons europeias e do Estado espanhol umha pressom contra o terrorismo sionista, que detenha o genocídio protagonizado polo Estado de Israel contra a Palestina. No Condado, a convocatória é no dia 3 de Janeiro às 12 horas em frente da Cámara Municipal de Ponte Areias.[+] 31-12-2008
::Comunicados

Um ano mais perto da independência e o socialismo!

Os anos que restam para que a Galiza se afirme como naçom soberana som umha contagem decrescente que pesa sobre os ombros da metrópole que durante o último século nom fijo outra cousa que encolher: depois da perda de Cuba em 1898, umha sucessom de &#8220;províncias&#8221; do imperialismo espanhol conseguírom, ao longo do século XX, independendizar-se da sanguinária metrópole, como ao longo deste século o faremos a Galiza, Euskal Herria e os Països Cataláns.[+] 31-12-2008
::Trasancos

Ferrol: NÓS-Unidade Popular convoca com numerosas entidades umha concentraçom em solidariedade com a Palestina

Numerosas entidades de Ferrol reunimo-nos com carácter de urgência e em regime de autoconvocatória para dar resposta, na medida das nossas possibilidades e unitariamente, ao terrorismo de Estado aplicado por Israel contra o povo palestiniano. Será no dia 2 de Janeiro, sexta-feira, às 20h30, em frente da sede da Junta da Galiza em Ferrol.[+] 31-12-2008
::Condado

Intervençom de Abraám Alonso na homenagem a Manuel Gonçalves Fresco

Reproduzimos a intervençom de Abraám Alonso Pinheiro, responsável comarcal do Condado na homenagem no monte Galheiro ao guerrilheiro Manuel Gonçalves Fresco, assassinado pola Guardia Civil há 72 anos.[+] 29-12-2008
::Comunicados

O massacre de Gaza confirma a natureza genocida do imperialismo e as cumplicidades da comunidade internacional

NÓS-Unidade Popular nom quer limitar-se a condenar o assassinato em massa de centenas de habitantes da Faixa de Gaza em aplicaçom do que chamam “política antiterrorista”, mas estender as responsabilidades ao conjunto da ‘comunidade internacional’, com a UE e os EUA à cabeça, bem como a inservível ONU, que continuam a dar cobertura à política genocida sionista.[+] 28-12-2008
Mais notícias... [0] [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13] [14] [15] [16] [17] [18] [19] [20] [21] [22] [23] [24] [25] [26] [27] [28] [29] [30] [31] [32] [33] [34] [35] [36] [37] [38] [39] [40] [41] [42] [43] [44]